Agricultores do Baixo Rio Negro estão aptos a participar da Feira Orgânica de Manaus

6 Aug, 2014

Agricultores do Baixo Rio Negro estão aptos a participar da Feira Orgânica de Manaus

Dez agricultores da margem esquerda do Baixo Rio Negro estão aptos a participar da Feira Orgânica de Manaus, que acontece todos os sábados, na Superintendência Federal de Agricultura do Amazonas (SFA/AM). Desde 2013, representantes da Associação de Produtos Orgânicos do Amazonas (Apoam) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) têm realizado visitas às comunidades para verificar se o sistema produtivo e as propriedades estão dentro dos padrões estabelecidos pela legislação de orgânicos.

A última visita ocorreu no dia 31 de julho, quando os técnicos estiveram nas comunidades Vila Nova do Chita e Santa Maria, acompanhados do IPÊ.  Essa verificação constitui requisito para cadastramento como agricultor orgânico no MAPA e também para participação na Feira Orgânica de Manaus.

Durante as atividades, houve a troca de experiência e práticas agroecológicas entre agricultores e técnicos, além de explicações sobre como funciona a feira orgânica e a relação com os consumidores.

O agricultor Raimundo Meireles da Costa, 50, da comunidade Vila Nova do Chita, foi um dos que recebeu a equipe na sua propriedade. Segundo ele, a visita dos técnicos e a avaliação trazem bons resultados para toda a comunidade. “Nós sabemos reconhecer a importância desse contato. Nesse dia aprendi como manipular e embalar nossos produtos para a feira, por exemplo”.

Para ele, a oportunidade de comercializar e de gerar renda se alia a possibilidade de mostrar a qualidade da produção da comunidade. “Queremos participar da feira para mostrar que produzimos com qualidade também”, ressaltou.

O presidente da Apoam, Raimundo Moura de Carvalho, avaliou a experiência com o grupo como positiva. Segundo ele, inicialmente, o grupo tem condições de participar a cada 15 dias da feira. “Se eles continuarem trabalhando e aprendendo técnicas importantes vão evoluir e poder participar da feira toda semana”, disse.

Ainda de acordo com Moura, os agricultores estão prontos para comercializar principalmente frutas como tucumã, abacaxi, banana, ingá, entre outros, que são produtos que muitas vezes faltam na feira. Além disso, Moura destacou que os agricultores estão bastante envolvidos com a produção da mandioca o que também deve contribuir para a participação deles na feira.

A participação na Feira Orgânica de Manaus e a visita de verificação, que a precede, foram encaminhamentos da Oficina Devolutiva dos resultados do levantamento da cadeia produtiva da Agricultura, realizada no final de maio. A comercialização na Feira Orgânica foi apresentada na ocasião como um importante canal de venda direta a um preço justo, onde os produtos naturais e agroecológicos do Rio Negro podem ser valorizados, gerando renda aos produtores da região. Além destes agricultores, a visita já foi realizada em áreas de quatro agricultores da região, que já tiveram a experiência de  participar da feira.

A Feira acontece todos os sábados no estacionamento da SFA/AM, rua Maceió nº 460, Adrianópolis, de 7h30 às 12h e é apoiada pela Rede Maniva de Agroecologia, da qual o IPÊ, MAPA e APOAM fazem parte, além de outras instituições relacionadas à agroecologia.

 

Frutas como tucumã, abacaxi, banana e ingá são alguns dos produtos que serão levados à Feira. Foto: IPÊ

Frutas como tucumã, abacaxi, banana e ingá são alguns dos produtos que serão levados à Feira. Foto: IPÊ

A comercialização na Feira Orgânica é uma  importante canal de venda direta a um preço justo. Foto: IPÊ

A comercialização na Feira Orgânica é uma importante canal de venda direta a um preço justo. Foto: IPÊ

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>