Roteiro Tucorin recebe expedição

9 Jun, 2015

Roteiro Tucorin recebe expedição

Navegar pelas águas do Rio Negro, tomar café da manhã com vista para a praia, com direito a tapioca com geleia caseira de cupuaçu, e de quebra conhecer a cultura e o modo de vida das populações ribeirinhas do Amazonas. Estas e outras experiências fazem parte do Roteiro Tucorin, que recebeu no início do mês a visita de uma expedição para divulgar as iniciativas que compõem o projeto.

Entre os 20 convidados, estavam representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Manaus (Semmas), do Departamento de Mudanças Climáticas e Gestão de Unidades de Conservação do Amazonas (DEMUC/Semas), da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), além da Terra Consultoria, empresa especializada em assessoria ambiental, e da agência de turismo Pra que Rumo, especializada em roteiros de aventura na região.

O objetivo da expedição é lançar o Roteiro Tucorin no mercado, de forma responsável. “Onde a publicidade dada ao roteiro tem que compactuar com os princípios de criação da rota turística de base comunitária, respeitando seus modos de vida, o comércio justo e responsável”, explica Nailza Pereira, do Ipê.

Entre os programas previstos no roteiro estão um almoço e visita à Comunidade Nova Esperança, com realização de uma farinhada (processo de produção artesanal de farinha de mandioca), trilha pela floresta e visita ao viveiro de peixes da Comunidade Jaraqui, participação em ritual indígena e pernoite na hospedagem da Dona Glória, no Tupé. As comunidades que compuseram a visita foram a São João do Tupé, São Sebastião, Nova Esperança, Terra Preta e Bela Vista.

Roteiro Tucorin

Gerar renda por meio do turismo de base comunitária e promover experiências turísticas sustentáveis são apenas dois dos objetivos do Roteiro de Turismo Comunitário no Rio Negro (Tucorin), que tem beneficiado seis comunidades do Baixo Rio Negro localizadas dentro de Unidades de Conservação.  Entre elas estão as comunidades que recebem o trabalho do IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas: São Sebastião, Bela Vista do Jaraqui e Nova Esperança que hoje podem oferecer desde a comida regional a passeios e hospedagens aos turistas que visitam a região.

Saiba mais sobre o roteiro

O trabalho desenvolvido nas comunidades pelo IPÊ, e pela ONG Nymuendaju, que atua na São João do Tupé, Colônia Central e Julião, e também fazem parte do Roteiro Tucorin, já traz resultados perceptíveis quanto a qualidade na manipulação de alimentos, atendimento ao cliente e de apresentação dos produtos. Com a melhoria dos processos  e a integração das cadeias produtivas, houve reflexo também no desempenho econômico das comunidades.

Veja o que já saiu na mídia!

Jornal A Crítica

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>